sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Madrugada ancorada




Madrugada ancorada

Sou poesia aromática...
Cheiro delicado de flor...
Não sou poetisa sábia...
Sou feita de coração...
Trago comigo a sedução...
Amo emoção...
Linhas escritas....
Tornam-se versos...
Em minhas macias mãos...
Suspiros desnudam...
Minha alma com exatidão...
Abraço meu mundo...
Meu galardão...
Noites perdidas...
Deserto de solidão...
Palavras dão asas...
Muita imaginação...
Sonhos...
Curvas fechadas...
Ferida que dói...
Por dentro destrói...
Curvas abertas...
Esperança constrói...
Amor que desejo...
Amor que não vejo...
Noite nublada...
Choro escondida...
Desatinada...
Na madrugada ancorada



Leila Chrystina Bayer

19 comentários:

  1. Chrys, você enche o coração da gente de poesia. Maravilhosa essa que você escreveu. Que inspiração e que sensibilidade. Adorei. Beijos com muito carinho. Manoel.

    ResponderExcluir
  2. Belíssima inspiração te trouxe esta madrugada ancorada!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Belíssimo poema! Lindo de verdade!
    Parabéns!
    =)

    Bjoss

    ResponderExcluir
  4. Olá Chrys

    Sua inspiração anda forte. Lindissimo poema.
    Aproveite para escrever mais e mais, pois
    sua veia poética está crescendo.
    Um lindo fim de semana.

    Beijos

    Alvaro

    ResponderExcluir
  5. Que inspiração mais linda te trouxe a madrugada.

    Fim de semana de luz.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  6. Ai ai (suspiros...), acho que me apaixonei de novo, rs...
    Muito lindo, você é espetacular Chrys...
    Beijosss...
    Seu admirador.
    Jeferson

    ResponderExcluir
  7. Desculpe a demora. Mas andava tão ocupada,sem tempo. Mas aos poucos vou visitando os meus amigos.
    Também senti saudades suas.


    Lindo poema.Caheio de emoções.
    Com carinho
    Sandra

    ResponderExcluir
  8. Assim é...tantas sensações e emoções nas madrugadas das solidões.

    Beijo do meu Horizonte!

    ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  9. Discordo, querida, é uma poetisa sábia e é pura emoção. Chorei contigo ao final dessa madrugada ancorada.

    Beijos e que tenha um bom e inspirador fim de semana.

    ResponderExcluir
  10. .....Wonderful night .... Very Good

    Kisses ....

    ResponderExcluir
  11. Bom dia!! Adorei seu poema...lindo!! Parabéns!!


    Beijos com desejo de paz no seu coração!

    ResponderExcluir
  12. "Suspiros desnudam minha alma com exatidão". Diria também que suas poesias também têm essa função. Você escreve com a alma. Lindo poema!
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi Leila

    Lindo poema...mistura de sentimentos,tristezas.
    Ate breve
    Herminia

    ResponderExcluir
  14. Tem bonequinha da sorte lá esperando por vc.

    Uma semana de bençãos pra vc.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  15. Oi Leila. Muito linda esta tua madrugada. Ser poeta é isso ; sentimentos, sensações, emoções que do coração saltam para o papel tranformadas em palavras. E tu sabes bem fazer isso; tens alma de poeta. Um beijinho e Parabéns
    Emília

    ResponderExcluir
  16. Uma linda semana pra ti querida....beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá Chrys!!!
    Tem selinho pra vc lá no meu blog "HISTÓRIAS, CURIOSIDADES e ETC..."
    Bjks!

    ResponderExcluir
  18. Vim convidar vc. para...
    Amanhã, 22 de Setembro, conto com a sua presença na CURIOSA, para comemorarmos juntos esta data tão importante para mim.
    Pode vim. Vai ser uma linda FESTA.
    O CONVITE convite está feito.
    DATA: 22.de Setembro.
    local:BLOG DA CURIOSA.

    COM MUITO CARINHO.
    SANDRA

    ResponderExcluir
  19. vim dar um beijinho e deixo...
    CORES


    Amarelo verde azul...
    Cores e mais cores...
    Lindas e garridas...
    Mas cada uma...
    Com o seu encanto...
    E com o seu significado...

    Com o seu querer...
    Com a sua força...

    E nestas três cores apenas...
    O inìcio de muita coisa...
    Do Amor, da Esperança, e da vida...

    E depois outras cores virão...
    E do amor...
    E da junção das suas cores...
    Outras cores vão surgir...
    E então olhamos...
    E vemos que nasceu o arco-íris!...


    LILI LARANJO

    ResponderExcluir