segunda-feira, 5 de outubro de 2009

DOIS CORAÇÕES




DOIS CORAÇÕES



Dois corações se encontram...
Dois corações se apaixonam...
À distância os separam...
E o amor nesse momento...
Inaugura a saudade...

Que sentimento doloroso...
Que machuca por dentro...
Coroe os corações...
Amargura a alma...

Dois corações se desejam...
Dois corações que se chamam...
Dois corações que necessitam um do outro...
Dois corações que pertencem um ao outro...

O que será agora?
Dois corações...
Que apenas desejam viver...
Um grande amor...
Uma única história



Leila Chrystina Bayer

23 comentários:

  1. Agora? Agora é amor total, querida. Quando dois corações se cruzam, só pode dar nisso. Saudades daqui. Você se superou.beijos. vc sumiu hein?

    ResponderExcluir
  2. Lindo poema, magnifico e explendoroso.
    Parabéns
    Abraço
    Jeferson

    ResponderExcluir
  3. Comeram o meu coração de carne
    ainda bem que guardei
    o ás de copas.

    (Alegria Incompleta, 1988, Vega)

    ResponderExcluir
  4. Desculpa-me a ausencia...
    Eu estava com uma infecção urinária que me afastou do PC...
    Estou com saudades de todos...
    Uma linda semana!!!
    Bjks
    Chrys
    ;)

    ResponderExcluir
  5. Quando dois corações se separam é isso...; fica a saudade...; depende também do tipo de separação..., a saudade pode ser gostosa ou pode ser doída...; é bom sentir aquela saudade que tráz nostalgia.., uma lágrimazita ao canto do olho..; é sinal que os corações se separaram, mas continuam unidos. Um beijinho, amiga e que a tua saudade seja aquela bem gostosa!!
    Emília

    ResponderExcluir
  6. O amor procura o aconchego
    Duas almas suspiram em entrega total
    Explode a paixão, enlouquece o querer
    O amar às vezes é pecado mortal...

    ...Às vezes uma intensa alucinação
    Em que viajas pelo meu eu
    Às vezes o mundo fica em espera
    Da união do mar com o céu


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  7. Amiga Chrysti

    Embora com alguma dificuldade, consegui ler seu Lindissimo poema Dois Corações, que
    adorei imenso.

    Beijinhos

    Alvaro

    ResponderExcluir
  8. Olá querida, tem mais um selinho no meu blog Fitness:- http://aptidaofisicaesaude.blogspot.com/, aguardando por v/c com amor e carinho!!!
    Eliane

    ResponderExcluir
  9. Oi Chrys
    Gostei do teu poema , a leitura é só uma:
    Quando há uma separação fisica,tem de haver muito amor ,que se manterem unidos, doutra maneira amiga...não vejo solução.
    Desculpa talvez não seja o comentário que desejavas , mas para ficar bem comigo mesma tenho de ser sincera., a verdade por vezes magoa.
    Até breve
    Herminia

    ResponderExcluir
  10. Olá Chrys

    Amiga tem um carinho para si em meu blog

    "Coração Lusitano" ao cimo da barra lateral
    Bom fim de semana
    Beijinhos

    Alvaro

    ResponderExcluir
  11. Mas a saudade pode ser uma aliada... ela não dá espaço para as brigas, desentendimentos e afins...
    É aquela hora do "Não fala nada, só me abraça", sabe?!
    =)

    Sempre bom estar aqui!
    Beijinhosss

    ResponderExcluir
  12. Sabe que um dia não gostava de sentir saudades....e que hoje sinto que é gostoso sentir saudades ?
    Dá aquela vontade enorme de se ver, de se tocar, beijar e fazer tudo que vier na cabeça.
    Matar as saudades...
    Não há brechas para desentendimentos, questionamentos. Queremos apenas recuperar o tempo , pq ele é pequeno e daqui há pouco, estaremos longe novamente sentindo saudades outra vez.

    Amiga, belo texto,
    Beijos !

    ResponderExcluir
  13. Leila! Legal conhecer seu blog!
    Obrigada pela visita, pelo coment, seja bem vinda ao "Pri em Forma" espero te ver mais vezes comentando por lá!
    Quanto a promoção se vc mandar fotinho coloca o link lá no post da promoção pra gente ajudar e votar!
    bjks

    ResponderExcluir
  14. Chrys, paixão, amor, saudade...
    Desespero da insatisfação prolongada!
    Vida que amamos, apesar da inquietude e das ardências sentidas.
    Um beijo.

    Carlos

    ResponderExcluir
  15. O amor tem dessas coisas...
    Nos invade e toma inteira...
    Um beijo carinhoso e com saudades!

    ResponderExcluir
  16. A meiguice dos teus olhos
    Enternece a alma mais dura
    Sei-te em cada batida de coração
    Na verdade da água pura

    Voa pelo celeste no seio de uma nuvem branca
    A água que beija a ilha
    Apaixonou-se pela sua sublime beleza
    De emoção chorou perante a maravilha

    Doce beijo

    ResponderExcluir
  17. Olá amore!
    Tem selinhos pra vc lá no "Meu Cantinho"
    (http://lucienedemedeiros.blogspot.com)
    Indiquei para os seus 2 blogs (esse e o "Miragem".
    Bjks!

    ResponderExcluir
  18. Excelente poema cheio de paixão, quando dois corações palpitam assim nada há a fazer apenas viver esse amor com paixão.

    Parabens beijinho

    ResponderExcluir
  19. Tem selinho comemorativo lá no blog esperando por vc.

    Vc faz parte dessa comemoração.

    Bom dia.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  20. Passei por aqui para me encantar com seus poemas e também para convidá-la a participar do primeiro aniversário do manual. Durante todo o mês de novembro, publiquei textos de outros autores que constarão o nome do autor, nome e endereço do blog. Você poderá enviar um texto inédito ou escolher um que você ache especial, que tenha a cara do seu blog. Posso contar com sua participação? Caso aceite basta enviar o texto através do email: stellatavares@yahoo.com.br, pode mandar qualquer dia, mas vou começar publicar em novembro. Fico aguardando por sua resposta.
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Chrys, a poesia flui de dentro de você. A gente lendo e sentindo o seu escrito, parece que lava a nossa alma. Essa menina é genial, além de ser um amor de pessoa.(Estava com saudades!) Um beijo com muito carinho. Manoel.

    ResponderExcluir