terça-feira, 4 de maio de 2010

“EU” sou o “AMOR”


“EU” sou o “AMOR”

Amor é a minha razão...
Amor é minha lógica...
Amor é minha coerência...
Amor é a minha religião...
Amor é a minha ciência...
O Amor é o protagonista da minha vida da minha história...
Ele é meu tempo...
Sem medidas e demarcações...
O Amor é o apogeu de minhas emoções...
O Amor é meu antídoto...
O Amor é minha memória, minha liberdade minha luz...
O Amor é tudo que tenho que possuo...
Creio que...
"Eu" sou o “AMOR”

Leila Chrystina Bayer

5 comentários:

  1. Chrys, que coisa mais fôfa. Adorei o, depois de tudo, EU SOU O AMOR.
    Acho que é mesmo. Com certeza, já é um amor.
    Beijos amorosos.
    Manoel.

    ResponderExcluir
  2. Já se cadastrou no bolão? Vai me ajudar postando o mesmo?

    Beijosss e bom resto de semana
    Jeferson
    Blog do Vascão

    ResponderExcluir
  3. Que lindo. Depois de ler umas besteiras de um grande mestre hoje, que nada mais são que meras suposições, colocando o amor como teoria, fiico feliz de ler algo de quem sente o amor na pele, real. Amor não é papel.É viver, deixar acontecer.Parabéns. Arrasou.Beijos. Gostei do novo visual

    ResponderExcluir
  4. Um lindo dia pra ti querida,,,beijos.

    ResponderExcluir
  5. Senti saudade de suas palavras, de sua linda forma de falar de amor.Ando meio cachorro magro não só por aqui, andei sumida geral, mas quando quero ouvir falar de amor, o seu blog é o primeiro que me vem à mente.
    Bjs

    ResponderExcluir