segunda-feira, 17 de maio de 2010

Tempestade


Vento aterroriza os medrosos...
Gotas de água machucam a terra...
Uma tribulação tremenda...
Do bailar das nuvens o trovão...
O fogo lépido atinge meu coração...
Em um átimo encontro-me na varanda
Fúria e força me envolvem...
Não me escondo...
Deixo me absorver pela sua força imponente...
Tempestade Suprema...
Acolhe-me e sustenta...
Emoção aumenta...
Prazer me domina...
Elementos da natureza enfurecidos...
Hipnotismo...
Sinto-me levar...
Tempestade...
Mágica que me sustenta e me encanta...
Domínio que me faz AMAR

Leila Chrystina Bayer

9 comentários:

  1. Uma semana de luz amiga.

    O blog esta fazendo 2 anos hoje, já foi buscar seu selinho?

    beijooo.

    ResponderExcluir
  2. Amo chuva... e esse seu poema me soou ainda mais profundo. pq enquanto eu lia, escutava o barulho da chuva que insiste em cair desde cedo
    òtima semana keridaa
    grande beijo

    ResponderExcluir
  3. ...Tempestade de sentimentos!

    Lindos Versos!

    Beijo!

    Namastê!

    ResponderExcluir
  4. Somos natureza pura e, como ela, um turbilhão de sentimentos que vão da calmaria à tempestade e pelo meio...brisas...pingos de chuva...até sol pode aparecer, somos capazes de ter isso tudo num dia só...assim como a natureza. Um beijinho amiga e que o sol seja o mais frequente nos teus dias.
    Emília

    ResponderExcluir
  5. Lindo poema..
    tempos não vinha aqui..
    sempre belo e perfeito.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. oieee!

    vim ver as novis!


    FRAQUEZAS HUMANAS

    ﻼﻍﭿﭿﻼﻍ«
     Tєηнα µмa

        »ﻼﻍﭿﭿﻼﻍ«
         ξx¢εlεηtε

          »ﻼﻍﭿﭿﻼﻍ«
              semaninha!

                »ﻼﻍﭿﭿﻼﻍ«


    "DEFICIENTE"

    é aquele que não consegue modificar sua vida,
    aceitando as imposições de outras pessoas
    ou da sociedade em que vive,
    sem ter consciência de que é dono do seu destino.

    "LOUCO"

    é quem não procura ser feliz com o que possui.

    "CEGO"

    é aquele que não vê seu próximo morrer de frio,
    de fome, de miséria.
    E só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

    "SURDO"

    é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo,
    ou o apelo de um irmão.
    Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir
    seus tostões no fim do mês.

    "MUDO”

    é aquele que não consegue falar o que sente
    e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.

    "PARALÍTICO"

    é quem não consegue andar na direção
    daqueles que precisam de sua ajuda.

    "DIABÉTICO"

    é quem não consegue ser doce.

    "ANÃO"

    é quem não sabe deixar o amor crescer.

    E, finalmente,
    a pior das deficiências
    é ser miserável, pois

    "MISERÁVEIS"

    são todos que não conseguem falar com Deus.

    (autor desconhecido)

                »ﻼﻍﭿﭿﻼﻍ«
                  вєιjσкαѕ

                    »ﻼﻍﭿﭿﻼﻍ«
                        ησ ♥

                       »ﻼﻍﭿﭿﻼﻍ«

    ResponderExcluir
  7. PARABENS ,LINDA CADA VEZ MAIS
    BELOS TEUS POEMAS,UM LUXO AQUI VIU!
    QUE DEUS ABENÇOE TEU TALENTO!
    SEMANA DE PAZ,CARINHO
    LECTICIA SCHAYDEGGER

    ResponderExcluir
  8. Passei para deixar o meu bom dia, com amor e poesia:

    "Aos pássaros Deus deu o vôo e o canto, aos que amam Ele dá o sonho e o encanto. Quem ama de verdade não consegue voar,porém de tão leve espírito, chega até a flutuar"

    ©Valter Montani

    ResponderExcluir